ADT Security Services - Brasil

10 dicas para andar de bicicleta com segurança no trânsito

A bike foi criada há séculos atrás e mesmo assim é uma escolha moderna e inteligente de transporte para quem vive nas cidades nos dias de hoje. A bicicleta chegou com tudo e não tem hora de ir embora, o que não quer dizer que não devemos pedalar com cuidado pelas ruas. Oriente-se com a ADT e saiba como andar de bike com segurança.

Substituir o carro por uma bicicleta tem suas vantagens: é mais ecológico, econômico e saudável. Por esse motivo, o número de pessoas que utilizam a bicicleta para se locomover nas cidades grandes só aumenta. Em 2016, por exemplo, foi instalado um contador eletrônico de ciclistas na avenida Faria Lima, em São Paulo. Em fevereiro, o equipamento, então inédito no Brasil, registrou 69.628 viagens de bicicleta. Durante o mesmo período deste ano, o contador marcou 79.006 ciclistas, o que representa um aumento de 13,5%.

A maioria das cidades brasileiras, no entanto, não possui a infraestrutura necessária para esse tipo de transporte. Ao optarem pela bicicleta, muitos ciclistas passam por um período de adaptação ao andar em ruas de grande fluxo e sem os ajustes necessários. Pensando nisso, a ADT, maior empresa de monitoramento de alarme no Brasil, listou algumas medidas que devem ser tomadas para andar de bike na cidade com segurança e conforto. Confira.

  1. Planeje o trajeto: pesquise qual é o melhor caminho para sua locomoção. Opte por locais mais tranquilos e que tenham descidas;
  2. Ande sempre à direita: por ser a área destinada aos veículos em menor velocidade, a faixa da direita é mais segura;
  3. Evite andar na contramão: a velocidade dos carros em relação ao ciclista é muito maior, aumentando as chances de acidentes graves;
  4. Comunique-se com os outros veículos: faça gestos e explique o que você quer fazer. Alguns equipamentos podem te auxiliar na comunicação, como o espelho retrovisor, para visualizar os outros veículos, e a campainha, para alertar os pedestres;
  5. Aumente a atenção ao cruzar uma ponte: a diferença entre a velocidade da bicicleta e dos automóveis é muito grande. Ao passar uma ponte, aumente a velocidade, tome a pista e sinalize bem;
  6. Fique sempre visível: roupas claras são as melhores opções e, durante a noite, use luzes e refletores para que as pessoas te enxerguem (use sempre luz branca na frente e vermelha atrás; dessa forma, os motoristas saberão se você está indo ou vindo);
  7. Dias de chuva: em dias chuvosos, use capa de chuva e paralamas (o acessório evita que a água rebata no ciclista);
  8. Proteja-se: o uso do capacete, especialmente para quem está começando, é essencial. A habilidade em se equilibrar na bike em situações variadas vem com a prática e o tempo. Além disso, em caso de acidente, o capacete diminui a chance de traumatismo craniano;
  9. Não ande nas calçadas: os pedestres que estão de costas para você podem dar um passo para o lado sem te ver chegando. Um carro pode sair de dentro de uma garagem e te acertar. Se precisar passar pela calçada, desmonte a bicicleta e torne-se um pedestre;
  10. Não fure o sinal: é obrigação do ciclista reduzir e aguardar que o sinal mude para o verde novamente;

Evite, também, pedalar com fones de ouvido. A ação é perigosa e pode causar acidentes, já que os fones podem bloquear sons relevantes e te impedem de prestar atenção no que se passa ao redor. Veja aqui algumas dicas para evitar que situações como essa ocorram.

Marcadores:

Segurança

COMPARTILHAR

GOSTOU DO CONTEÚDO?

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu email.
Alem dos posts, também desejo receber novos materiais gratuitos por email.

Obrigada por se cadastrar!

Agora você receberá em seu e-mail as novidades da ADT, dicas de segurança e muito mais.