ADT Security Services - Brasil

Cinco dicas para evitar o superaquecimento do seu notebook

Uma das maiores vantagens de se ter um notebook é que ele garante praticidade ao usuário. A máquina dispõe de velocidade, conexão, processamento e espaço de armazenamento semelhantes aos computadores de mesa. Apesar dos benefícios, porém, os notebooks sofrem com problemas de elevação de temperatura. Isso ocorre devido ao pouco espaço para a circulação do arrefecimento e para o resfriamento dos hardwares. Como esses dispositivos são compactos, o superaquecimento dos componentes internos é um grande risco, principalmente ao atingir o processador, a placa de vídeo ou o disco rígido.

Esses são alguns indícios de que o seu notebook está superaquecendo e já apresenta problemas:

● Tela preta surgindo sem aviso prévio, obrigando o usuário a reiniciar o notebook;

● O aparelho desliga sozinho;

● Travamento do computador por muito tempo ao abrir uma foto, arquivo ou ao acessar a área de trabalho;

● Quando o cooler do processador começa a trabalhar com mais frequência, fazendo barulho mais alto e forte do que o normal;

É importante resolver esse tipo de situação com urgência, uma vez que operar o computador em temperaturas acima do normal pode causar danos irreparáveis a processadores e outros componentes. Para aumentar a vida útil do aparelho, então, é preciso ficar atento a alguns cuidados.

A ADT, maior empresa de monitoramento de alarme no Brasil, listou algumas dicas que ajudam a manter o notebook em temperaturas mais adequadas durante sua utilização, melhorando seu desempenho e diminuindo o risco de problemas na refrigeração. Confira.

1. Atente-se para a superfície em que você utiliza o aparelho. Notebooks foram projetados para ficar em superfícies planas, como uma mesa, por conta das saídas e entradas de ar localizadas na parte de baixo do computador. Se você abafá-las em uma cama, ou até mesmo no seu colo, é possível prejudicar a movimentação interna de ar no notebook, contribuindo com o aquecimento;

2. Mantenha o aparelho longe de poeira. A poeira pode entrar no interior da máquina, inclusive no cooler, fazendo com que as pás do “ventilador” não funcionem adequadamente, atrapalhando o processo de resfriamento natural do computador;

3. Se a máquina apresentar problemas, o mais indicado é levá-la a uma assistência autorizada para que seja averiguado o que está acontecendo. Em certos casos, é necessário trocar o próprio cooler para que o computador volte a resfriar adequadamente;

4. Evite utilizar o notebook enquanto o cabo de alimentação da bateria estiver conectado, pois a recarga aumenta a temperatura do computador quando ligado, contribuindo para um superaquecimento;

5. Instale programas de monitoramento de sistema para checar a temperatura do hardware e alertá-lo sobre riscos de superaquecimento.

COMPARTILHAR

GOSTOU DO CONTEÚDO?

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu email.
Alem dos posts, também desejo receber novos materiais gratuitos por email.

Obrigada por se cadastrar!

Agora você receberá em seu e-mail as novidades da ADT, dicas de segurança e muito mais.